Paulistano deve evitar o retorno depois do meio-dia

Com a temperatura em queda, o movimento de volta do feriado já era intenso ontem nas rodovias do litoral sul

Viviane Biondo, O Estado de S.Paulo

12 de outubro de 2010 | 00h00

As concessionárias que administram as principais rodovias paulistas recomendam que os motoristas que viajaram no feriado optem por voltar à capital paulista logo pela manhã. Cerca de 1,6 milhão de veículos deixaram a cidade desde sexta-feira.

A Ecovias, responsável pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, espera movimento intenso a partir do meio-dia. No sistema, por onde passaram cerca de 300 mil carros rumo à Baixada Santista desde sexta-feira, a Operação Subida será realizada no mesmo horário. Os motoristas terão de utilizar as pistas norte e sul da Imigrantes e a pista norte da Anchieta com destino à capital.

Na noite de ontem, o movimento rumo à capital na Rodovia dos Tamoios, Padre Manuel da Nóbrega e Rio-Santos já era intenso. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), também não está descartado o tráfego intenso hoje pela manhã.

A Nova Dutra, que administra a via que liga Aparecida, onde fica a Basílica de Nossa Senhora, a São Paulo, espera que o fluxo de carros seja de até 8 mil por hora, com pico de retorno à capital a partir das 16h20.

Já a maior concentração de veículos vindos do interior do Estado, na Bandeirantes e na Anhanguera, está prevista para o período das 16 às 21 horas. Esse mesmo horário de pico vale para quem volta pela Raposo Tavares e pela Castelo Branco. A OHL, que administra a Régis Bittencourt, diz que haverá desvios para obras no km 508 e no km 338.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.