Paulista terá Marcha da Maconha amanhã

Organizadores esperam mais de 5 mil pessoas a partir das 13h no vão livre do Masp; Polícia Militar diz que ainda não foi comunicada sobre o evento

WILLIAM CARDOSO, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2012 | 03h03

O coletivo Desentorpecendo A Razão pretende realizar amanhã a nova edição da Marcha da Maconha em São Paulo. Estão previstas palestras e intervenções artísticas a partir das 13h no vão livre do Masp. O evento deverá causar interdições na região da Avenida Paulista, mas até ontem a Polícia Militar disse não ter sido informada oficialmente.

O tema deste ano será "Basta de guerra: por outra política de drogas". Durante a marcha, serão distribuídos 7 mil cartilhas, 10 mil adesivos e 1 mil buttons. Neste ano, os organizadores conseguiram um financiamento de forma diferenciada: arrecadaram R$ 15 mil via internet.

A saída da passeata está prevista para as 16h20, na frente do Masp. Dali, o grupo seguirá na direção da Praça da República. Para isso, faixas da Avenida Paulista deverão ser bloqueadas para o trânsito. A organização do evento afirmou, porém, que não foi possível participar de uma reunião pré-agendada com a PM, mas que protocolou um ofício ontem com as informações da marcha.

Segundo uma das organizadoras do movimento, a jornalista Gabriela Moncau, de 22 anos, no ano passado cerca de 5 mil pessoas participaram da marcha. A expectativa é de que mais pessoas compareçam neste ano. "Agora que o STF liberou a manifestação no País, talvez as pessoas fiquem mais tranquilas para comparecer."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.