Pastor da Igreja Universal é morto em assalto na zona leste

Segundo a polícia, ele havia acabado de sair de um culto e transportava dinheiro de ofertas; ladrões levaram R$ 800

Alexandre Hisayasu, O Estado de S. Paulo

26 Junho 2016 | 22h01

SÃO PAULO - Gonçalo Alves Neto, pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, foi morto na tarde deste domingo, 26, durante um assalto, em Arthur Alvim, na zona leste da capital. Segundo a polícia, ele estava com a mulher em um carro quando foi fechado por um Siena ocupado por criminosos.

O crime foi gravado por câmeras de segurança. O Siena dos ladrões fecha a Rua Afonso Porto e um dos bandidos desce e vai em direção ao carro do pastor. Ele percebe e tenta fugir, mas acaba atingido por um tiro, e o veículo dele bate contra um muro.

O ladrão vai até a porta do passageiro, abre e leva a sacola com o dinheiro. Os bandidos fogem em seguida. O carro deles foi encontrado na Viila Jacuí.

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

 

 

 

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Deus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.