Passo a passo na semana fashion

Frequentadoras da SPFW usaram contadores de caminhada. Quem mais andou foi faxineira

Paulo Sampaio, O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2011 | 00h00

Descobriu-se finalmente quem anda espalhando que a São Paulo Fashion Week está muito cansativa. De acordo com um contador de passos instalado na cintura de seis frequentadoras do evento, a que mais andou foi a supervisora de limpeza Maria Enis de Oliveira Araújo, de 36 anos, com 9,9 km.

"Faço outros eventos aqui na Bienal, mas esse é o que mais cansa, por causa da correria", diz ela, que deu 16.483 passos.

Quem teve a pachorra de medir a caminhada foi uma empresa especializada em cuidados para os pés e as mãos. Eles propuseram a seis mulheres que elas portassem um iPhone com o dispositivo aferidor de passos.

A experiência não seguiu, por assim dizer, rigores científicos, uma vez que o tempo de aferição não foi padronizado entre elas. A consultora de moda Costanza Pascolato, por exemplo, ficou com o aparelho por apenas duas horas e meia, contra cinco horas e meia de Maria Enis. Mas, ainda assim, Costanza caminhou, proporcionalmente, menos - apenas 795 passos.

O resultado poderia ser representado por uma espécie de "pirâmide social de andarilhos". Maria Enis na base, Costanza no topo e as outras quatro no centrão. A segunda mais "quilometrada" foi a fotógrafa Fernanda Calfat, que faz registros de 12 dos 25 desfiles e diz que nunca foi muito de treinar em academia - mas na infância era exímia bailarina. "Tenho pernas fortes", diz ela, que tem uma equipe de quatro fotógrafos e, assim que um desfile acabava, corria para outro.

Também no centro da pirâmide estão a blogueira Keks Pucci e a modelo Angélica Erthal. Esta última se surpreendeu quando soube que deu 9.104 passos, sem contar os da passarela, onde ela não estava autorizada a circular com o aparelho. "A gente anda muito do banheiro para o backstage, deve ter sido isso", imagina. É preciso explicar que, no prédio da Bienal, os banheiros ficam no outro extremo em relação às salas de desfile, e que realmente podem fazer uma new face caminhar mais de 100 metros a cada xixi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.