Passeata pelo Dia das Mulheres reúne 3 mil no centro de São Paulo

Grupo protestou por mais direitos, como a legalização do aborto, e contra o machismo; ato foi tranquilo, diz Polícia Militar

O Estado de S. Paulo

08 Março 2015 | 18h59

SÃO PAULO - A passeata em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres reuniu cerca de 3 mil pessoas na região central de São Paulo neste domingo, 8, segundo a Polícia Militar. No ato, o grupo protestou contra o machismo e por mais direitos, como a legalização do aborto.

As manifestantes caminharam desde a Avenida Paulista, na altura do prédio da Gazeta, até a Praça Roosevelt, entre 10 horas e 15 horas. O ato teve a participação de diversas entidades feministas.

O trânsito ficou bloqueado em trechos da Paulista até o começo da tarde. Não houve, de acordo com a PM, registro de ocorrências durante a caminhada.

Mais conteúdo sobre:
dia das mulheres feminismo aborto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.