Passarelas reduzem em 41% mortes na Régis

A instalação de passarelas, uma providência simples, contribuiu para reduzir em 41% nos dois últimos anos o número de mortes por atropelamento na Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba. De 257 atropelamentos em 2010, o número caiu para 176 em 2012, com redução de 32%. Já o número de mortes baixou de 93 para 55. Mais oito passarelas serão instaladas neste ano.

O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.