Passarela e túnel vão ligar prédios do HCor

O Hospital do Coração (HCor) no Paraíso, zona sul, ganhou autorização da Prefeitura para interligar seus dois prédios por um túnel e uma passarela em três níveis. O decreto que permite a intervenção, publicado ontem no Diário Oficial da Cidade, é do próprio prefeito Gilberto Kassab (PSD). Pelo uso do "espaço aéreo e subterrâneo" do Município, o hospital vai pagar como contrapartida R$ 6.545 mensais.

DIEGO ZANCHETTA, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2012 | 03h04

Com área de quase 40 mil m², o HCor tem dois prédios na Rua Desembargador Eliseu Guilherme, ao lado da Avenida Paulista. A passagem subterrânea vai permitir que funcionários e pacientes transitem entre o edifício administrativo e 50 consultórios e a área de atendimento de ortopedia, reabilitação cardíaca e medicina esportiva.

A inauguração do túnel e da passarela deve ocorrer até o fim do ano, segundo o HCor. Nos últimos quatro anos, o hospital investiu cerca de R$ 35 milhões em obras de ampliação. Em 2011, porém, um projeto de Kassab aprovado na Câmara deu anistia a todos os hospitais que ampliaram estruturas. Dessa forma, unidades de saúde não pagaram contrapartidas em melhorias viárias, como ocorre com empreendimentos residenciais, universidades e comércios.

Rara. A autorização para interligação de prédios por passagem subterrânea também é rara e proibida para edifícios comerciais na capital.

Procurada no início da noite, a assessoria do Hospital do Coração informou que poderia fornecer mais detalhes do projeto apenas hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.