Passarela divide culpa em atropelamento na via

JUSTIÇA

, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2010 | 00h00

A existência de passarela ou passagem de nível para a travessia divide responsabilidades em caso de atropelamento. Por unanimidade, a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu pela metade o valor da indenização a ser pago à viúva de um ciclista, morto ao atravessar a linha de trem da extinta RFFSA no Jardim Solemar, em Praia Grande (SP). Em decisão anterior, o Tribunal de Justiça havia negado a indenização, alegando culpa do ciclista. Para o STJ, a via devia ter também segurança garantida pela ferrovia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.