Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Passageiros ficam sem informação em estações lotadas

Mãe relata que filha de 4 anos foi arrastada por multidão durante pane; alto-falantes insistiam que retorno do serviço seria rápido

Caio do Valle, Camilla Haddad e Flávia Tavares, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2011 | 00h00

Os passageiros do Metrô que sofreram com a paralisação na Linha 3-Vermelha reclamam da falta de informação durante o tempo em que os trens ficaram parados. Enquanto alto-falantes insistiam que o problema seria resolvido em poucos minutos, a espera por uma orientação chegou a, pelo menos, meia hora.

"Cheguei à Estação Belém e já havia um trem parado na plataforma, com portas abertas", diz Caco Moreira, jornalista. "Foi pelo menos meia hora (de espera)."

Moreira conta que a estação estava lotada. Quando finalmente o trem seguiu viagem e chegou à Estação Brás, a voz no alto-falante orientou os passageiros a desembarcar. "Todos desceram esbravejando, sem saber o motivo do atraso."

Três outros trens passaram pelo Brás lotados até que Moreira conseguisse embarcar novamente. "Levei 50 minutos do Belém à Sé e o Metrô diz que foram apenas poucos minutos de atraso?", questiona.

Criança. Na Estação Anhangabaú, durante a pane, uma menina de 4 anos foi arrastada pelos passageiros que desciam naquela parada. A mãe, a dona de casa Sandra Santana, de 30 anos, contou que queria descer na estação final, na Barra Funda, mas, quando o trem superlotado parou no Anhangabaú, os passageiros saíram arrastando tudo que estava pela frente.

Ela segurava a filha pelo braço, mas a menina se soltou e foi arrastada pela multidão. "Não adiantava as pessoas gritando "olha a criança"", lembrou Sandra. Ela contou que acompanhou a multidão desesperada para não perder a filha. "Quando a alcancei, ela dizia "quero ir para casa", chorando."

REAÇÕES NO FACEBOOK (/METROPOLEESTADÃO)

"Uma vergonha esse Metrô de São Paulo... Sempre nessa época de fim de ano costumam aparecer essas panes no sistema...! Rumo à Copa e Olimpíada com essa "estrutura boa""

MADAY FLORENCIO

"Todos os dias estamos enfrentando problemas no metrô desde as 7 da manhã"

CLAUDIA COSTA LIMA

"Cheguei na estação bem na hora que os trens pararam de circular! Tive de pegar ônibus para ir para casa... Deveria estar em casa às 14h, mas acabei de chegar (às 16h)!"

CARINA PRADO

"A impressão que me dá às vezes é que o Metrô está sucateando propositalmente o seu serviço para depois dizerem que tudo que é público não funciona. Em seguida, repassam para a iniciativa privada! Bora Brasil rumo a 2014!!!

GUILHERME REED

DEPOIMENTO

Caio Dias, 21 anos, estudante

"Foram três explosões no trem"

"Logo que cheguei à Estação Anhangabaú, o alto-falante já anunciava que haveria atrasos por problemas na Sé. Em seguida, um trem vazio se aproximou lentamente da plataforma lotada e foi "empurrado" por outro. De repente, a luz do trem apagou e ele parou. Quando as luzes reacenderam e o trem voltou a se mover, houve a primeira explosão, no alto do vagão, do lado da parede, não da plataforma. Teve muita faísca, o barulho foi alto e a fumaça tomou conta da estação. As pessoas saíram correndo. Alguns funcionários do Metrô entraram no vagão e uma segunda explosão, mais branda, aconteceu. O trem voltou a se mover e ainda pudemos ouvir um terceiro estampido quando ele estava já dentro do túnel. A estação ainda ficou com cheiro de queimado por um tempo. Foi assustador."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.