Dario Oliveira/Futura Press
Dario Oliveira/Futura Press

Passageiros esperam até 20 minutos para embarcar após pane na Linha 5

Ocorrência no fim da tarde de quinta-feira só será resolvida na madrugada de sábado

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

14 Fevereiro 2014 | 10h28

SÃO PAULO - Os passageiros do Metrô de São Paulo enfrentam dificuldades para se locomover na Linha 5-Lilás nesta sexta-feira, 14. Por causa da pane ocorrida no sistema elétrico do ramal no fim da tarde de quinta-feira, 13, os trens continuam circulando por um só trilho entre as Estações Campo Limpo e Giovanni Gronchi. Isso provoca uma espera de até 20 minutos por composição em cada sentido nesse trecho -- o tempo normal é de cerca de três minutos. A situação, segundo a empresa, controlada pelo governo do Estado, só se normalizará no sábado, 15.

De acordo com o Metrô, o tempo de espera é maior também porque a oferta de trens é menor na linha, já que não é possível fazer o chamado carrossel (looping das composições que vão e voltam no ramal). Como um cabo de alimentação dos trens se rompeu entre as Estações Giovanni Gronchi e Santo Amaro, esse percurso não pode ser vencido pelos trens.

Para tentar diminuir os transtornos, o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) foi acionado, fazendo com que 30 ônibus gerenciados pela São Paulo Transporte (SPTrans) executem a viagem entre as estações Campo Limpo e Giovanni Gronchi.

O problema provocado pelo rompimento do cabo, às 18h37 de quinta-feira, só será resolvido na próxima madrugada pela equipe técnica do Metrô. Durante os primeiros momentos da falha, passageiros chegaram a andar pelos trilhos da Linha 5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.