Passageiros esperam 7 horas dentro de avião em Viracopos

Voo ia de Bogotá para SP e foi desviado para Campinas, devido ao mau tempo e à neblina na capital paulista

Carolina Spillari, Estadão.com.br

01 de junho de 2011 | 17h28

SÃO PAULO - Os passageiros do voo 0085, vindo de Bogotá com destino a Guarulhos (SP), precisaram ficar entre 6h35 e 13h29 dentro da aeronave no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), para onde o avião foi desviado. Na manhã desta quarta-feira, 1, o mau tempo e a neblina provocaram o fechamento do Aeroporto de Guarulhos entre 4h23 e 9h. Segundo a Avianca, companhia responsável pelo voo, o procedimento de espera dos passageiros dentro da aeronave é uma norma internacional.

O Aeroporto de Viracopos confirmou o tempo de permanência do avião, que depois se dirigiu para Guarulhos, seu destino final. A assessoria do aeroporto também esclareceu que a decisão de permanência ou não dentro da aeronave é da companhia. Durante a manhã de hoje, 14 voos internacionais e domésticos passaram por Viracopos, informou a assessoria do terminal.

Até às 16h30, apenas um voo internacional, o 8091, vindo de Miami rumo a São Paulo, ainda não havia chegado no seu destino final.

A TAM emitiu nota sobre a decisão de alternar os voos que iriam aterrissar em Guarulhos para o Galeão, no Rio de Janeiro, e Confins, em Belo Horizonte. De acordo com a nota, os passageiros aguardaram a decisão do que iria ser feito, na impossibilidade do pouso, dentro da aeronave.

Assim que as decolagens fossem liberadas, os passageiros do voo 8091 (Miami/São Paulo), que foram direcionados ao Galeão, prosseguiriam ao destino final.

Depois das 15h30, já tinham partido do Galeão para São Paulo os voos JJ8063 (vindo de Milão), JJ8065 (procedente de Madri), JJ8071 (com origem em Frankfurt), JJ8085 (com saída de Londres), JJ8017 (vindo de Bogotá), JJ8081 (procedente de Nova York), JJ8087 (procedente de Orlando), e JJ8045 (com saída de Montevidéu).

Originários de Paris, os voos JJ8101 e JJ8109 partiram de Belo Horizonte rumo a São Paulo. A TAM informou na nota que outros dez voos domésticos também foram remanejados. A companhia disse lamentar os transtornos a que os passageiros foram submetidos.

Tudo o que sabemos sobre:
aeroportosSPneblinaatrasoAviancaTAM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.