Passageiro reage e mata três assaltantes na Grande SP

Homem foi abordado em microônibus em Itaquaquecetuba na noite da última sexta-feira

23 de agosto de 2008 | 05h56

Três assaltantes levaram a pior e morreram, por volta das 20h de ontem, ao tentarem realizar um arrastão no interior de um microônibus urbano municipal no Jardim Amazonas, em Itaquaquecetuba, região leste da Grande São Paulo. Armados com um revólver calibre 32, Josiel Nascimento da Silva, cuja idade não foi informada, e dois comparsas, ambos brancos, ainda não identificados, brancos, de cerca de 1,7 metro de altura e aparentando entre 23 e 26 anos, escolheram um coletivo da Viação Júlio Simões que havia saído da estação de Itaquaquecetuba, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), e já chegava ao ponto final.A princípio, os criminosos passaram-se por passageiros e esperaram alguns segundos para anunciar o assalto, tempo suficiente para serem observados e estudados por outro passageiro que estava sentado em um dos bancos. O trio então resolveu render o cobrador e, antes mesmo de começar a tomar objetos e dinheiro dos passageiros, foi surpreendido pelo desconhecido armado, que, após atirar contra a cabeça dos três, desceu do ônibus e fugiu.Os dois assaltantes que não portavam documentos morreram no local. Josiel ainda foi encaminhado pelos bombeiros para o Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, onde não resistiu e morreu. Os demais passageiros que testemunharam tudo afirmaram a policiais militares do 35º Batalhão que não conhecem e nunca viram o rapaz armado. A polícia afirma que não sabe se o atirador é um policial ou não.Como no interior do ônibus não havia cápsulas de munições, acredita-se que o autor dos disparos estivesse de revólver. O caso foi registrado no Distrito Policial de Itaquaquecetuba.

Tudo o que sabemos sobre:
assalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.