Passageira morre em cruzeiro universitário

Causa do falecimento de jovem de 20 anos não foi informada; polícia diz que ela ingeriu bebida alcoólica

Felipe Oda, da Agência Estado,

20 Dezembro 2008 | 12h04

Uma passageira de 20 anos morreu a bordo do cruzeiro universitário MSC Opera, na tarde de sexta-feira,19. A causa do falecimento não foi informada. A Polícia Civil alega que Isabella Baracat Negrato, moradora do município de Bauru, oeste paulista, ingeriu bebida alcoólica. De acordo com a companhia MSC Cruzeiros, proprietária do navio, a hóspede "não se sentiu bem" e foi levada, por volta das 16h30 de ontem, para o centro médico do cruzeiro.   O corpo foi desembarcado em Ilhabela e levado para o IML de São Sebastião. A chegada do corpo da universitária a Bauru está prevista para as 18 horas e será velado no Memorial da cidade. Seu sepultamento ocorrerá amanhã, em hora a ser ainda marcada, no Cemitério da Saudade. A família, por enquanto, não deu informações sobre a vítima e deverá falar com a imprensa no final da tarde, disponibilizando as informações sobre o ocorrido.   Em nota à imprensa, a MSC alega que "o médico responsável, vendo a situação delicada, solicitou o desembarque imediato. Porém a passageira veio a falecer durante o desembarque". A empresa afirma que "prestou todo o atendimento necessário e em respeito e solidariedade à família da hóspede, não comentará detalhes do falecimento". O Opera partiu do Porto de Santos, na quinta-feira,18, com 1.800 passageiros.   Texto atualizado às 13h25

Mais conteúdo sobre:
universitariamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.