Leandro Martins / Estadão
Leandro Martins / Estadão

Parte da Marginal do Tietê é liberada após acidente em obra do metrô; rodízio está suspenso

Houve liberação da pista expressa, no sentido Ayrton Senna, no início da tarde; segundo a Secretaria de Transportes Metropolitanos, houve o rompimento da galeria de esgoto que passa no sentido transversal ao túnel

Marco Antônio Carvalho e Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2022 | 14h07

SÃO PAULO - Parte da Marginal do Tietê, no sentido Ayrton Senna, foi liberada na tarde desta terça-feira, após um desmoronamento em uma obra do Metrô. Por causa do impacto no trânsito, o rodízio municipal de veículos está suspenso até a noite. A decisão foi anunciada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) no início da tarde. O rompimento de uma galeria de esgoto fez ceder parte do asfalto da pista da Marginal do Tietê ao lado de canteiro de obras da Linha 6 perto da Ponte do Piqueri, na zona norte da cidade.

O acidente fez com que as faixas da Marginal, no sentido Ayrton Senna, fossem interditadas pela companhia nas imediações da Ponte do Piqueri, na zona oeste da capital paulista. A partir das 13 horas, a pista expressa foi totalmente liberada para o trânsito de veículos.

A pista local da Marginal Tietê, no sentido da Ayrton Senna, segue com o trânsito desviado para o corredor formado pelas avenidas Ermano Marchetti e Marquês de São Vicente. Os carros retornam para a Marginal na altura da Praça Pedro Corazza. Já os veículos que trafegam pela pista central estão sendo desviados para a expressa na altura do canteiro de obras, retornando para a pista central.

Os veículos que vêm das rodovias Presidente Dutra, Fernão Dias, Bandeirantes, Anhanguera e Castelo Branco estão sendo direcionados para o Rodoanel e mini-anel viário, formado pela Salim Farah Maluf, Avenida Luis Ignácio de Anhaia Melo, Avenida das Juntas Provisórias, Avenida Presidente Tancredo Neves e Avenida dos Bandeirantes.

Em visita ao local do acidente nesta terça, o governador João Doria (PSDB) explicou que parte das faixas foi liberada porque constatou-se que "não há nenhum risco" para o tráfego de veículos nessas áreas. "Isso vai liberar bastante o trânsito que se acumulou na Marginal do Tietê", disse Doria. Já a pista interna, segundo o governador, não será liberada porque ainda representa risco. "O dano foi nesta pista (interna). Então, por segurança, será imobilizada."

Rotas alternativas de ônibus

SPTrans informou que pelo menos cinco linhas de ônibus foram desviadas na região da Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo, em razão do acidente na Marginal do Tietê na manhã e início de tarde desta terça-feira. 

Em razão de interferência viária, a linha 9047/10 Jd. Paulistano - Lapa, que trafega pela Avenida Embaixador Macedo Soares com a Ponte do Piqueri, no sentido Ayrton Senna, Freguesia do Ó, continua sendo desviada.

Acompanhe o desvio:

Normal até a Avenida Embaixador Macedo Soares, Rua Professora Suraia Aidar Menon, Avenida Ermano Marchetti, Praça Jácomo Zanella, Avenida Ermano Marchetti, Praça Dr. Pedro Corazza, Avenida Comendador Martinelli, Ponte Freguesia do Ó, prosseguindo normal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.