Parques da região são construídos em áreas alagáveis

Além das festas e eventos, o projeto da Prefeitura de fazer da Guarapiranga um polo de turismo também contempla sete novos parques municipais na orla da represa. Três já foram inaugurados, mas, segundo moradores, alguns equipamentos foram construídos em áreas alagáveis - peixes chegam a ficar presos.

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

31 Dezembro 2010 | 00h00

Foi isso que aconteceu com o Parque Municipal da Barragem, inaugurado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM) há duas semanas. Fotos feitas por moradores em abril mostram um campo de futebol, o passeio de pedestres e os equipamentos de exercícios debaixo d"água.

Segundo a Prefeitura, os parques da Guarapiranga têm áreas alagáveis porque o objetivo é "proteger as várzeas da represa e evitar ocupações".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.