Parque quer proibir ''paredões'' de maratonistas

A administração do Ibirapuera quer ainda reordenar o uso do espaço público por quem treina para corridas e maratonas. Uma das exigências é a de que não se formem "paredões" (grupos grandes que dificultam a atividade de outras pessoas). Produtos como copos de água e isotônicos também devem ser recolhidos.

Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2011 | 00h00

Estender colchonetes e lonas na grama já é proibido. Mas a regra - usá-los apenas na área cimentada - não tem sido seguida. "E vigilantes já flagraram alunos usando colunas de prédios públicos e árvores para se alongar", diz o administrador do parque, Heraldo Guiaro. Há duas semanas, a vice-presidente da Associação dos Treinadores de Corrida, Marta Dallari, se reuniu com o Conselho Gestor do Parque para chegar a uma solução.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.