Parque não foi responsabilizado por acidentes

O Playcenter não foi indiciado em nenhum dos dois inquéritos sobre acidentes ocorridos em brinquedos em setembro de 2010 e em abril de 2011. No primeiro, 16 pessoas ficaram feridas depois que dois carrinhos se chocaram na montanha-russa. No segundo, oito pessoas se feriram ao cair de uma altura de 7 metros do Double-Shock.

O Estado de S.Paulo

20 Março 2012 | 03h04

Para o delegado titular do 23º DP (Perdizes), Marco Aurélio Batista, que investigou o caso, em ambas as situações os laudos não apontaram falhas que pudessem responsabilizar o parque.

Já no caso do acidente do Hopi Hari, que causou a morte de uma adolescente em fevereiro deste ano, o delegado responsável, Álvaro Santucci, pediu prorrogação do prazo de 30 dias para finalizar a investigação. O prazo inicial do inquérito venceria no próximo dia 24. Ele aguarda o laudo de 14 brinquedos feitos pelo Instituto de Criminalística.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.