Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Parque do Carmo recebe a 39ª Festa das Cerejeiras

Evento na zona leste de São Paulo já se tornou tradicional e destaca a florada da sakura, que dura apenas alguns dias

O Estado de S.Paulo

04 Agosto 2017 | 03h00

SÃO PAULO - Começa nesta sexta-feira, 4, a 39.ª Festa das Cerejeiras do Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo. O evento já se tornou tradicional e destaca a florada da sakura, que dura apenas alguns dias.

Sentar e observar o evento anual é destacado sobretudo pela comunidade nipônica em São Paulo. O costume do hanami (contemplação de flores) ocorre no país oriental entre março e maio. Em lugares como o Parque Ueno registra-se até a versão noturna da atividade (yozakura) com o uso de lanternas de papel temporárias. 

No parque, o evento é organizado pela Federação de Sakura e Ipê do Brasil. Segundo a entidade, o parque tem mais de 4 mil cerejeiras. Aqui, a prática do hanami é geralmente acompanhada de piquenique entre familiares e amigos. “Durante a Festa da Cerejeira - Sakura Matsuri, participando do hanami, se uma pétala da flor de cerejeira cair em seu chá, significa que você terá muita sorte em sua vida”, diz o site da organização.

O idealizador e pioneiro foi o imigrante Hisayoshi Kataoka, que trouxera, inicialmente, 500 mudas do Japão. O evento típico vai até domingo.

 

 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo [SP]Parque do Carmo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.