Parque de diversões deve reabrir no sábado após acidente com morte em SP

SÃO PAULO - O parque de diversões Hopi Hari, em Vinhedo, interior de São Paulo, está fechado nesta sexta-feira, 24, por causa de um acidente em um dos brinquedos que provocou a morte de uma menina de 14 anos pela manhã. O local deverá ser reaberto normalmente neste sábado, mas o brinquedo de onde Gabriela Yokuri Michelari caiu deverá permanecer fechado.

Solange Spigliatti e Tatiana Favaro, do estadão.com.br,

24 de fevereiro de 2012 | 16h03

Segundo a administração do parque, por volta das 10h20, a adolescente brincava no La Tour Eiffel quando caiu e sofreu um traumatismo craniano. Gabriela foi levada para o Hospital Paulo Sacramento, em Jundiaí, cidade vizinha a Vinhedo, mas chegou morta após também sofrer uma parada cardíaca.

O brinquedo simula uma queda livre em três segundos de uma altura de 69,5 metros, chegando a uma velocidade aproximada de 94km/h. A atração só deve ser reaberta após liberação da polícia.

A Intermédica informou que Gabriela foi socorrida imediatamente pelos profissionais da rede, que tem um posto de atendimento dentro do parque. A adolescente chegou ao hospital por volta de 11 horas acompanhada dos pais, que aguardam a liberação do corpo.

Em nota, o parque "lamenta profundamente o ocorrido, está prestando toda a assistência à família da vítima e apoiando os órgãos responsáveis na investigação sobre as causas do acidente".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.