Parede de hipermercado cai e interdita 11 casas em Guarulhos

Ninguém ficou ferido após a queda de parede em construção; moradores foram transferidos para dois hotéis

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

17 de outubro de 2007 | 04h36

Parte de uma das paredes de um hipermercado atacadista que está sendo construído no Parque Residencial Mazzei, em Guarulhos, veio abaixo, atingindo cinco residências, às 21 horas desta terça-feira, 16. Segundo a Defesa Civil, o desabamento aconteceu por causa de um vento de média intensidade. O estabelecimento está sendo construído na rua Joaquim da Silva Frade numa área aterrada e as residências atingidas estão em um nível abaixo do terreno. Apesar do grande estrago material, ninguém ficou ferido. Outras seis casas foram interditadas porque podem ser atingidas por outras partes da parede que correm o risco de ruir. As onze famílias afetadas pelo incidente foram encaminhadas para dois hotéis na região. Os custos serão pagos pelo hipermercado segundo a Defesa Civil. O engenheiro da Defesa Civil foi acionado para vistoriar a obra e, segundo uma primeira análise, o vento só conseguiu ruir a parede por causa da má estrutura dela. Técnicos da Defesa Civil voltarão nesta quarta-feira, 17, para realizar uma análise minuciosa e localizar exatamente onde está o defeito da estrutura.

Tudo o que sabemos sobre:
Guarulhosdesabamentohipermercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.