Parceria pode colocar 5 mil bombeiros aposentados no mercado de trabalho

Convênio assinado neste sábado permite que agentes aposentados de São Paulo façam curso para corretor de imóveis de graça

Alexandre Hisayasu, O Estado de S.Paulo

16 Julho 2016 | 14h19

SÃO PAULO - A Fundação de Apoio ao Corpo de Bombeiros (Fundabom) e a Universidade Corporativa dos Corretores de Imóveis (Unisciesp) assinaram neste sábado, 16, um convênio que pode colocar os 5 mil bombeiros aposentados de São Paulo no mercado de trabalho. Eles vão atuar no ramo imobiliário.

A parceria vai permitir que os bombeiros aposentados tenham bolsa de estudos integral para fazer o curso de corretor de imóveis, por meio do programa de educação desenvolvido pela Escola Brasileira de Ensino à Distância (Ebrae), referência no país. A Unisciesp é mantida pelo Sindicato dos Corretores de Imóveis de São Paulo (Sciesp).

Para o comandante do Corpo de Bombeiros, Rogério Bernardes Duarte, a iniciativa serve para estimular os aposentados a buscarem novas oportunidades. "É mais uma chance que eles têm para complementar a sua renda".

O chanceler da Unisciesp,  Alexandre Tirelli, diz que a categoria dos corretores vai ganhar credibilidade. "Os bombeiros tem a garra, a ética e a sensibilidade necessária para atuar nessa área e ajudar as pessoas a conquistar o sonho da casa própria".

A assinatura aconteceu na Escola Superior de Bombeiros, em Franco da Rocha, onde os aposentados receberam uma homenagem e fizeram demonstrações de ações de resgate. 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.