Paraná inaugura sua versão da UPP do Rio

Inspirado nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Rio, o governo do Paraná começou ontem a implantar a primeira Unidade Paraná Seguro (UPS) do Estado, com a ocupação de seis vilas do bairro Uberaba, onde vivem 72 mil pessoas. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, foram presas três pessoas e cumpridos 34 mandados de busca e apreensão. Cerca de 450 policiais militares, civis e guardas municipais participaram da operação.

EVANDRO FADEL / CURITIBA, O Estado de S.Paulo

02 Março 2012 | 03h07

Segundo o secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar, o local foi escolhido por ser um dos mais violentos de Curitiba - em 2009, oito pessoas, entre elas um bebê de 5 meses e a mãe, morreram na rua, durante briga de gangues rivais. Nos próximos dias, duas unidades fixas da UPS vão receber policiais comunitários.

Segundo o secretário, a parceria do Estado com o município vai permitir ações para inclusão e geração de renda. Até o fim do ano, o governo quer instalar dez UPSs em Curitiba - além de fazer estudos para implementar outras na região metropolitana e no interior.

No ano passado, Salvador foi a primeira capital do País a instalar unidade policial inspirada nas UPPs cariocas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.