Werther Santana/AE - 06/06/2010
Werther Santana/AE - 06/06/2010

Parada Gay de SP terá policiamento quase dobrado neste ano

A novidade da 15ª edição do evento será um show de encerramento com Wanessa Camargo

Carolina Spillari, Estadão.com.br

06 de junho de 2011 | 15h55

SÃO PAULO - A 15ª Parada do Orgulho LGBT em São Paulo vai contar com 1.500 policiais militares para fazer a segurança do evento, anunciou nesta segunda-feira, 6, o Comando de Policiamento do Centro. A novidade deste ano será um show de encerramento com Wanessa Camargo.

 

Veja também:

linkSite oficial da parada é alvo de hackers

O evento ocorre no próximo dia 26, a partir do meio-dia. A marcha sai da Avenida Paulista e termina na Praça da República. A última edição, que reuniu mais de 3 milhões de pessoas, teve 800 agentes no policiamento.

 

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) também auxiliará na proteção dos participantes e fará a apreensão e monitoramento da venda de bebidas alcoólicas adulteradas, conhecidas como vinhos químicos. O efetivo da GCM não foi informado.

 

De acordo com a polícia, o crescimento no número de agentes, porém, não se deve a um aumento da violência. "É um evento tranquilo", diz o major Wagner do Comando. Segundo ele, no ano passado não foram registradas ocorrências.

 

Segundo a assessoria de comunicação da Associação da Parada do Orgulho GLBT (APOGLBT), haverá ainda 400 seguranças particulares, contratados pela Prefeitura.

 

Texto atualizado às 18h55.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.