PIxabay
PIxabay

Parada do Orgulho LGBT altera trânsito na região central 

Cerca de 60 linhas de ônibus têm itinerários alterados; Metrô aumentou a oferta de trens nas linhas 1,2 e 3

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

03 Junho 2018 | 11h17

SÃO PAULO - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditou vias das regiões da Bela Vista, Consolação e Centro da cidade, neste domingo, 3, para a realização da 22ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

Por causa da Parada, os programas “Rua Aberta” e “Ciclofaixa de Lazer” na Avenida Paulista não serão ativados. Cerca de 60 linhas de ônibus têm itinerários alterados e excepcionalmente neste domingo, a linha Circular Turismo não funcionará. O Metrô aumentou a oferta de trens nas linhas 1, 2 e 3 e há trens de reserva nestas três linhas para atender a operação a qualquer momento.

+++ Famílias vão à Parada do Orgulho LGBT e tratam com crianças questões como diversidade e respeito

O trajeto da parada começa na Avenida Paulista, sentido Consolação, entre a Rua Plínio Figueiredo e a Rua Professor Otavio Mendes (em frente ao MASP), Rua da Consolação, sentido Centro, desligando o som dos trios elétricos na Rua Caio Prado, os participantes seguem pela Rua Coronel Xavier de Toledo, em direção ao Vale do Anhangabaú. A liberação das vias ocorrerá após a passagem do último trio elétrico.

+++ Sony cria layout para PlayStation 4 em homenagem ao Orgulho LGBT

Segundo a CET, a  Avenida Paulista está interditada desde às 10h no sentido Consolação, entre as ruas Teixeira da Silva e Consolação. No sentido Paraíso, a interdição ocorre entre a Rua da Consolação e a Avenida Brigadeiro Luis Antonio. Ao meio-dia, a Rua da Consolação será interditada em ambos os sentidos, entre a Alameda Santos e a Avenida Ipiranga. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.