Parada Disney descaracteriza Pampulha, dizem moradores

Parada Disney descaracteriza Pampulha, dizem moradores

Representantes de associações de moradores da região da Pampulha, na zona norte de Belo Horizonte (MG), acusam a prefeitura da capital mineira de promover intervenções que estão danificando parte da orla de um dos principais cartões-postais da cidade, a Lagoa da Pampulha, para receber a Parada Disney. O evento ocorre hoje na avenida que circunda a lagoa. Segundo os moradores, árvores foram podadas, canteiros centrais, gramados, rotatórias, calçadas, lombadas e parte da sinalização de trânsito precisaram ser retirados para dar passagem aos carros alegóricos com os personagens da Disney. A região é tombada e de proteção ambiental.

EDUARDO KATTAH, O Estadao de S.Paulo

27 Março 2010 | 00h00

Na quarta-feira, a Associação Pró-Civitas dos bairros São Luiz e São José protocolou uma representação no Ministério Público Estadual (MPE), pedindo a "adoção de providências urgentes" e "a paralisação imediata das obras e da agressão ao meio ambiente". A Promotoria pediu esclarecimentos à prefeitura.

O secretário da regional da Pampulha, Osmando Pereira, disse que o evento é uma conquista da cidade e que a região é adequada. "Aqui conseguimos aliar a beleza do local à magia da Disney", disse. Segundo ele, a prefeitura negociou com os organizadores que fossem trazidos carros de apenas cinco metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.