Para Temer, cidade pode bater recorde de público da feira

Em seu discurso na reunião do Escritório Internacional de Exposições (BIE), aparentemente feito de improviso, o vice-presidente da República, Michel Temer, garantiu que a eventual Expo 2020 em São Paulo pode quebrar o recorde histórico de público. Em Xangai, na China, em 2010, 73 milhões de pessoas passaram pelos estandes do evento. Segundo Temer, "só com a população brasileira" já seria possível superar a marca de público.

O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2011 | 03h05

De acordo com os últimos dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dentro de oito anos, o Brasil terá 209 milhões de habitantes. A projeção do vice-presidente equivale a dizer que mais de 30% dos brasileiros visitariam durante a feira o futuro Centro de Exposições de Pirituba. Na China, o fluxo de público representou menos de 6% da população.

"Temos 200 milhões de habitantes. Todo brasileiro tem um grande interesse nessas exposições. A ideia de chegar a 70 milhões não é uma meta pretensiosa, mas realista", sustentou o vice-presidente. / A.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.