Para religiões, cerimônia informal não tem validade

O padre Juarez de Castro, da Arquidiocese de São Paulo, explica que as cerimônias que se realizam fora da igreja não são reconhecidas como sacramento.

Paulo Sampaio, O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2011 | 00h00

"É preciso que a celebração ocorra dentro do espaço religioso e diante de testemunha qualificada (pela Igreja)", explica.

No casamento judeu, é necessário que o celebrante seja alguém daquela fé.

Independentemente da cerimônia, para valer civilmente o casamento deve ser registrado em cartório.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.