Para reduzir conflitos, praça terá sinalização

Na tarde de ontem, o subprefeito da Sé, Marcos Barreto, se reuniu na Praça Roosevelt, no centro da capital, com representantes dos moradores, skatistas e o comando operacional da Guarda Civil Metropolitana.

O Estado de S.Paulo

09 Janeiro 2013 | 02h03

O encontro foi motivado pelo vídeo que circulou anteontem, no qual guardas-civis agridem skatistas na praça. Segundo Barreto, o prefeito Fernando Haddad (PT) ligou para ele pedindo que o caso tivesse prioridade. Mas, depois de uma vistoria e de uma reunião a portas fechadas, nenhuma resolução concreta foi tomada.

Assim como já havia sido acordado anteriormente, ficou decidida a delimitação de um espaço para a prática do esporte na praça, na escadaria próxima à Rua da Consolação. Também foi decidido que sinalização será instalada no local. "O que há aqui é uma boa vontade das diferentes pessoas da praça", afirmou Barreto.

A subprefeitura não definiu, no entanto, quando as resoluções serão colocadas em prática. "São obras pequenas, mas as coisas são um processo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.