Paula Renata Robardelli
Paula Renata Robardelli

Para não ir a escola, menino de 5 anos faz bilhete em nome da professora: 'pode ser feriado'

Mãe viu que a história não colava e entrou em contato com a docente, que se surpreendeu com a inteligência do garoto

Rene Moreira, O Estado de S.Paulo

23 Agosto 2018 | 23h26

FRANCA - Para não ir à escola, um menino de 5 anos surpreendeu sua mãe em Bocaina, no interior de São Paulo. Ele escreveu um bilhete, assinou com o nome da professora e entregou em casa. A ideia não vingou, até mesma pela precariedade do texto, mas repercutiu após a docente divulgar a história.

Na mensagem, o garoto diz que "amanhã não vai ter aula porque pode ser feriado". Escreve ainda ao fim do comunicado que é verdade esse "bilete".

Ao ver aquilo a mãe Geovana Santos de imediato notou que o filho queria enganá-la, mas também achou tudo muito engraçado e entrou em contato com a professora Paula Renata Robardelli, a "Tia Paulinha" como é chamada por seus alunos da rede municipal de ensino infantil.

A docente resolveu então divulgar o fato. "Eita geração das espertas", comentou junto à foto do bilhete que teve milhares de visualisações nas redes sociais desde que foi publicada, na última terça-feira, 21.

A professora não viu maldade no ato do menino, Gabriel Lucca, que costuma ser muito criativo e participa bastante das aulas. Para ela, a intenção dele seria de apenas fazer uma brincadeira com a mãe e a professora.

Mais conteúdo sobre:
Bocaina [SP] escola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.