Para lembrar

Em março, a polícia prendeu três jovens na frente da Universidade Metodista, em São Bernardo do Campo, por tráfico. Agentes se infiltraram entre os estudantes e gravaram a venda e o uso de drogas.

, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2010 | 00h00

Em junho do ano passado, a reitoria da PUC de São Paulo admitiu publicamente o uso de drogas no câmpus de Perdizes e iniciou campanha para coibir o consumo. O plano está agora na fase de identificação dos usuários reticentes e dos dependentes, para encaminhamento socioeducativo e sugestão de tratamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.