Para IC, caso Mércia ainda é quebra-cabeça

INVESTIGAÇÃO

, O Estado de S.Paulo

01 de julho de 2010 | 00h00

Ontem, peritos do Instituto de Criminalística se reuniram por mais de duas horas com representantes do Instituto Médico-Legal (IML) para discutir o caso Mércia, que definiram como um "quebra-cabeça". Mércia Mikie Nakashima foi encontrada morta na Represa Atibainha (SP). O que se sabe até agora é que a vítima recebeu um tiro de raspão no canto direito da boca. O assassino estaria no carro da advogada. O principal suspeito continua a ser o ex-namorado dela, o PM aposentado Mizael Bispo de Souza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.