Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Para futuro secretário, Trump pode criar oportunidades para SP

Júlio Serson, que comandará a pasta de Relações Internacionais, afirmou que vê com 'certo otimismo' a vitória do republicano na disputa pela presidência dos EUA

Adriana Ferraz e Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2016 | 14h14

SÃO PAULO - O empresário Júlio Serson, anunciado nesta quinta-feira, 10, como secretário de Relações Internacionais na gestão de João Doria (PSDB) na capital paulista, afirmou que vê com "certo otimismo" a eleição do republicano Donaldo Trump para a presidência dos Estados Unidos.

Durante coletiva de imprensa para o anúncio de seu nome à pasta responsável por articular a atração de investimentos na cidade, ele destacou que a mentalidade de Trump é voltada aos negócios.

"Até vejo com certo otimismo (a eleição de Trump), isso pode criar, aí está nossa missão, oportunidades para o Brasil, para o Estado de São Paulo e especialmente para a cidade, que é de serviços onde a tecnologia é algo muito importante", disse.

Serson classificou Trump como um "homem de negócios" e reforçou que isso é positivo para as cidades brasileiras. Ele disse que os Estados Unidos são um país com instituições fortes e que o nome do presidente não altera as relações com o Brasil. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.