Para evitar filas, volta a SP deve ser feita pela manhã

Estimativa é de trânsito intenso nas principais estradas à tarde e à noite do dia 1º; Anchieta-Imigrantes terá Operação Subida

William Cardoso, de O Estado de S. Paulo,

31 de dezembro de 2012 | 21h45

O motorista deve evitar a viagem de retorno a São Paulo na tarde e na noite de terça-feira, 1, período em que o tráfego deverá ser mais intenso. A estimativa das concessionárias é de que mais de 1 milhão de veículos passem pelas principais rodovias na direção da capital.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, a concessionária Ecovias vai implementar a Operação Subida a partir da 1h de terça-feira até quarta-feira - descida apenas pela pista sul da Via Anchieta. Cerca de 665 mil veículos devem retornar da Baixada Santista na direção da capital somente na manhã do dia 1º.

Para quem volta do interior do Estado pelas Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, os problemas serão maiores entre 16h e 22h de terça-feira, quando cerca de 118 mil veículos devem retornar à capital. As obras nas duas rodovias foram suspensas na última semana para facilitar o tráfego.

Da região de Campinas em direção a São Paulo, o motorista deverá encontrar tráfego intenso pela Bandeirantes e Anhanguera já a partir das 15h do dia 1º. O movimento diminui só a partir das 23h. Durante todo o feriado, pelo menos 660 mil veículos deveriam passar pelas duas estradas tanto em direção à capital quanto rumo ao interior. Caminhões devem usar a Anhanguera, das 14h às 22h de terça-feira, entre o km 48 e o km 23.

A volta pela Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo ao Sul, deverá ser complicada, tanto pelo excesso de veículos quanto pelas obras em andamento, em especial em uma que acontece na ponte sobre a Represa Capivari, ainda no trecho paranaense - com desvio entre o km 41 e o km 43. A expectativa é de que 120 mil veículos retornem pela rodovia, com os piores horários entre as 12h e a meia-noite do dia 1º, e das 6h ao meio-dia de quarta-feira, 2.

Na Fernão Dias, que liga Minas Gerais e a região de Atibaia a São Paulo, são esperados pelo menos 100 mil veículos. O tráfego deverá ser intenso entre as 14h e as 23h do dia primeira e das 6h às 14h de quarta-feira.

Pela Via Dutra, que liga a capital paulista ao Rio e também dá acesso às estradas para o litoral norte, a previsão é de que até 7 mil veículos passem por hora em direção a São Paulo entre as 14h e as 20h de terça-feira, intervalo que deverá ser evitado por motoristas que pretendem fugir dos transtornos no retorno do feriado.

Tamoios

Na Rodovia dos Tamoios, entre São José dos Campos, no Vale do Paraíba, e Caraguatatuba, no litoral norte, as detonações de rocha estão suspensas até quarta-feira para facilitar a volta do feriado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.