Para especialista, falta orientação por parte do comando

O sociólogo e cientista político Luiz Eduardo Soares acredita que existe uma grande tolerância por parte do poder público e por isso houve um crescimento de mortes de civis em confronto com policiais militares.

, O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2010 | 00h00

"Esse aumento está associado à negligência das autoridades. Falta uma orientação severa por parte do comando", disse Soares, que foi secretário da Segurança Nacional no primeiro ano do governo Lula.

O especialista descarta a justificativa do coronel Gervásio. "A polícia não pode atribuir esse crescimento à ousadia dos bandidos. Isso é ridículo. A Ouvidoria e a Corregedoria precisam ficar em cima e passar uma recomendação severa para que não haja esse crescimento." / L.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.