CNBB/Religão
CNBB/Religão

Papa Francisco nomeia novo bispo para Santo André, no ABC paulista

D. Pedro Carlos Cipolini, de 63 anos, substitui d. Nelson Westrupp, de 75, que renunciou ao governo da diocese por limite de idade

José Maria Mayrink, O Estado de S. Paulo

27 de maio de 2015 | 12h58

SÃO PAULO - D. Pedro Carlos Cipolini, de 63 anos, atualmente bispo de Amparo, no interior de São Paulo, foi transferido nesta quarta-feira, 27, pelo papa Francisco para Santo André, no ABC paulista, em substituição a d. Nelson Westrupp, de 75 anos, que renunciou ao governo da diocese por limite de idade.

Natural de Caconde, no interior, d. Cipolini estudou Filosofia e Teologia em São Paulo e fez doutorado em Eclesiologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. 

"Prometo ter diálogo com todos e pretendo ser um companheiro para os trabalhadores em Santo André, uma diocese que acompanho desde meu tempo de seminarista, no bairro do Ipiranga, quando o bispo era d. Cláudio Hummes, mais tarde cardeal arcebispo de Fortaleza e de São Paulo", disse d. Cipolini ao Estado, logo após o anúncio de sua nomeação. Sua posse será no dia 26 de julho. 

O bispo conheceu d. Cláudio nos anos 1970 em um tumultuado encontro com representantes da Pastoral Operária na Igreja da Penha, na zona leste de São Paulo.

"A polícia invadiu o local com bombas de gás lacrimogêneo, pois era o tempo da ditadura militar, que não admitia reuniões desse tipo", disse d. Cipolin. "D. Cláudio foi muito corajoso em sua atuação e, ao falar com ele agora sobre Santo André, ele me animou e me deu força para continuar o trabalho da Igreja", acrescentou.

Além do cardeal, que foi bispo de Santo André de 1975 a 1996, d. Cipolin lembrou d. Jorge Marcos de Oliveira, cuja administração também foi marcante no ABC, de 1954 a 1975, por sua solidariedade com os trabalhadores. Citou ainda o trabalho de d. Décio Pereira (de 1997 a 2003), que antes foi auxiliar do cardeal d. Paulo Evaristo Arns, em São Paulo.

"Hoje cedo, conversei com d. Nelson Westrupp, que vou substituir, e ele igualmente me animou muito", disse d. Cipolin. 

Outra mudança. O papa Francisco transferiu também d. Ricardo Guerrino Brusati, de 75 anos, da diocese de Caetité, na Bahia, para Janaúba, em Minas Gerais. Italiano da cidade de Bellinzago Novarese, ele veio para o Brasil em 1982, quando já havia sido ordenado sacerdote. Trabalhou em várias paróquias do Nordeste, até 2003, quando foi nomeado bispo da Diocese de Paulo Afonso, na Bahia.

Tudo o que sabemos sobre:
Santo AndréIgreja CatólicaReligião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.