Pane faz trens do metrô circularem com velocidade reduzida por 2 horas em SP

Ocorrência em aparelho de via agravou superlotação da Linha 3-Vermelha em pleno horário de pico

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

06 de setembro de 2013 | 08h55

SÃO PAULO - Uma falha em um equipamento de via da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo fez os trens circularem com velocidade reduzida por quase duas horas na manhã desta sexta-feira, 6, em pleno horário de pico matinal.

A ocorrência, entre as Estações Brás e Pedro 2.º, no sentido Palmeiras-Barra Funda, foi registrada às 5h55, mas só foi resolvida às 7h53, segundo informou a assessoria de imprensa do Metrô. As composições que vinham do sentido Corinthians-Itaquera tiveram que circular com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas estações.

O órgão não disse qual aparelho exatamente apresentou a pane nem o que aconteceu. Diversos passageiros reclamaram em redes sociais da internet do grande tempo de espera e da lotação excessiva dos trens e plataformas.

Na manhã de quinta-feira, 5, também na Linha 3-Vermelha, na Estação Sé, um trem teve defeitos técnicos, fazendo com que um vagão tivesse que ser esvaziado pelos funcionários do Metrô.

Um dia antes, um problema na esteira do túnel que conecta as Estações Consolação, da Linha 2-Verde, e Paulista, da Linha 4-Amarela, deixou 20 pessoas feridas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.