'Pancadão' do PCC rende 20 anos de prisão

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou dois organizadores de um baile funk do Primeiro Comando da Capital (PCC) a mais de 20 anos de reclusão. O objetivo da "Noite do Pancadão" de Mirassol, a 453 km da capital, era vender drogas e arrecadar dinheiro para a facção. O evento, realizado em uma chácara em 22 de março de 2008 e organizado de dentro de duas penitenciárias, terminou com a apreensão de 40 adolescentes e a prisão de quatro detentos que estavam em saída temporária. Na ocasião, foram apreendidos 120 papelotes de crack, maconha e cocaína.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.