País tem 4 dos 20 aeroportos que mais crescem

Pesquisa mostra que o carioca Santos Dumont, por exemplo, teve a segunda maior alta do mundo no ano passado

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

07 de agosto de 2010 | 00h00

Abarrotados, os aeroportos brasileiros estão entre os que mais ganham passageiros no mundo. O Santos Dumont, no Rio, registrou a segunda maior alta do mundo em 2009. Entre os 25 que mais cresceram estão ainda os terminais de Belo Horizonte (17.º), Brasília (19.º) e Salvador (20.º). Cumbica saltou da 62.ª posição entre os maiores do mundo em 2008 para ser hoje o 54.º maior aeroporto em termos de passageiros.

Os dados são do Conselho Internacional de Aeroportos, que divulgou um mapeamento completo de 1.350 locais pelo mundo. Enquanto a crise mundial fez o tráfego internacional de passageiros cair 2% em 2009, a entidade constatou que aeroportos de países emergentes continuam em plena expansão e investimentos são necessários para dar conta do novo fluxo de pessoas e manter os serviços.

Entre os 25 aeroportos que mais crescem, todos estão em países emergentes e metade na China. Apenas 38% dos aeroportos no mundo registraram crescimento de fluxo de passageiros. Em 2009, 22,3 milhões de pessoas passaram por Cumbica, 6% acima do volume de 2008. Em apenas três anos, o aeroporto internacional de São Paulo recebeu 3 milhões de pessoas a mais.

Congonhas. Já o Aeroporto de Congonhas, na capital, vem sofrendo uma contração. Em 2007, ano em que ocorreu a tragédia da TAM com 199 mortos, era o 89.º maior terminal do mundo, com 15,3 milhões de passageiros. Mas fechou 2009 com 13,6 milhões, na 98.ª posição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.