Pais são mortos por filho viciado em drogas

A aposentada Maria Aparecida da Silveira Camilo, de 52 anos, morreu anteontem na Santa Casa de Franca (SP) depois de ter sido esfaqueada pelo filho, José Luís da Silveira, de 28, na noite anterior. Ela tentou defender o marido, o lavrador Eurípedes Henrique Camilo, de 56, do ataque do filho, que é viciado em drogas. As agressões ocorreram em casa. Camilo morreu no banheiro da residência. O rapaz foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.