País aponta que 86% das prostitutas são do Brasil

ESPANHA

, O Estado de S.Paulo

03 de novembro de 2010 | 00h00

Estatísticas divulgadas ontem pelo Ministério do Interior da Espanha indicam que 86% das prostitutas detidas no país em 2009 nasceram no Brasil, informou a BBC. Os dados confirmam que as brasileiras são as principais vítimas de 11 das 17 quadrilhas de tráfico de pessoas desmanteladas pela polícia - a maioria chefiada por europeus. As mulheres detidas foram consideradas vítimas porque a legislação espanhola permite a prostituição, mas condena a exploração sexual. Segundo o Ministério, a maior parte dos 4 mil prostíbulos que traficam mulheres fica em Madri, Barcelona e Valência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.