Pai mata filho de 14 anos, em Guarulhos, com um tiro na nuca

Garoto tentou impedir o pai, descrito como violento e ciumento, de procurar a mãe na casa de vizinha

Oswaldo Faustino, do estadao.com.br,

15 de agosto de 2007 | 08h22

Alcoolizado, o ajudante geral desempregado Cosmo José dos Santos, de 49 anos, matou com um tiro na nuca o próprio filho, Rodrigo Alves dos Santos, de 14 anos. O fato ocorreu no início da noite de terça-feira, 14, em uma casa da Rua Ari Quaranta, no Jardim Álamo, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O homicida tentou fugir mas foi apanhado por policiais militares do 31º batalhão e levado à 7ª delegacia daquele município, onde foi autuado em flagrante. Descrito como um homem de índole muito violenta e bastante ciumento, Cosmo chegou no final da tarde procurando pela própria esposa, Teolinda dos Santos Silva, de 42 anos. Segundo familiares, ela estaria na casa de uma vizinha e, ao perceber que o pai estava armado, o garoto adiantou-se e segurou o portão da residência, impedindo-o de sair. Depois de forçar, tentando abrir o portão para ir à procura da mulher, o desempregado apontou o revólver para a nuca do filho e disparou. Fugiu, levando a arma. Um irmão de Rodrigo e um vizinho tentaram socorrê-lo, levando-o para o Pronto Socorro de Arujá, um município vizinho, também na Grande São Paulo. Mas o garoto já chegou morto ao hospital. Avisados sobre o ocorrido, policiais da 2ª Companhia do 31º BPMM saíram à procura do homicida, que foi apanhado quando tentava deixar a cidade. Ele ainda estava com o revólver de calibre 38 e argumentou que o disparo foi acidental, mas vizinhos afirmam que, antes do estampido, o ouviram ameaçando atirar contra o menino, caso não o deixasse sair em busca da mulher.

Tudo o que sabemos sobre:
Assassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.