Pai mata filho ao confundi-lo com ladrão

Assustado com o barulho de pessoas dentro de casa na madrugada de sábado, um pai matou o filho de 17 anos por engano em Araxá (MG). Ao ouvir ruídos, o homem de 44 anos se armou com um revólver calibre 32 e deu um tiro de advertência para o alto. O filho, então, teria dito que estava com amigos. O pai tirou o cinto para bater no jovem e a arma disparou, atingindo o garoto no peito.

O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2012 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.