Pai, mãe e filho são presos com mais de 500 quilos de drogas no ABC

Segundo a polícia, a família inteira já possui antecedentes criminais

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

03 Julho 2012 | 07h41

SÃO PAULO - Uma família de traficantes foi presa por policiais militares nesta segunda-feira, 2, em São Bernardo do Campo, no ABC. Com os acusados foram apreendidos mais de 500 quilos de drogas, a maior parte formada por maconha, tudo escondido em uma residência, localizada na Rua Pio XII, no bairro Rudge Ramos.

 

Com informações sobre um Peugeot 206 prata que era usado para transporte de drogas, PMs do 6º Batalhão montaram um bloqueio na região de Rudge Ramos. Segundo a tenente Laís, da Força Tática, o primeiro a ser detido foi o pai, Edilson Inácio da Conceição, de 45 anos.

 

Segundo a oficial, os policiais durante o bloqueio viram o Peugeot passar pela Avenida Lauro Gomes. O carro então foi perseguido e abordado na Estrada das Lágrimas, momento em que Inácio desceu e dispensou um tijolo de cocaína no chão. Ao ser interrogado, ele forneceu aos policiais o endereço de um imóvel, na Rua Ada, em São Caetano, mas mudou de ideia e disse que iria para a casa dele, na Rua Pio XII, em Rudge Ramos, onde haveria R$ 20 mil.

 

Na residência de Inácio os policiais encontraram a mulher dele, Adriana Machado, de 35 anos, que naquele momento fumava um cigarro de maconha. Segundo a policial, o grosso da droga estava escondido na lavanderia do imóvel. "Chegando na lavanderia a gente encontrou diversas sacolas de lixo que estava com entorpecentes, um total de 535 quilos e maconha e quase 3 quilos de cocaína.", disse.

 

Acionados pela primeira viatura, os policiais resolveram ir até a casa localizada no primeiro endereço citado pelo traficantes, na Rua Ada, em São Caetano. Lá também detiveram o filho do casal, Gustavo Henrique Machado, de 22 anos. "A outra equipe encontrou um Sandeiro vermelho, que estava com o filho do casal e, dentro do veículo, foram encontrados seis tijolos de maconha em uma mochila e três munições intactas de um revólver calibre 38, que ele utilizou para fazer um roubo.", completou Laís.

 

Segundo os policiais, a família não é novata no crime. Pai, mãe e filho já têm passagens por roubos praticados anteriormente. Os três foram autuados em flagrante na Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (DISE), de São Bernardo do Campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.