Pai investiga estupro sofrido por filha e acha suspeito

O empresário J.C.M., de Birigui (SP), investigou por conta própria e conseguiu que a Interpol prendesse o homem que estuprou sua filha em 2005. O suspeito, Alexandre Oliveira, de 34 anos, foi preso no dia 18 em Lisboa, onde vivia, e será extraditado para o Brasil.

O Estado de S.Paulo

31 Outubro 2012 | 02h06

Na época do crime, Alexandre Oliveira foi considerado suspeito, mas a jovem não conseguiu reconhecê-lo. O caso foi praticamente arquivado em 2007. O empresário descobriu que Oliveira tinha fugido para Portugal, mas deixara um filho no Brasil. A criança fez teste de DNA e ficou então provado que o agressor da jovem era o pai da criança. / CHICO SIQUEIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.