Pai embriagado deixa filho de 12 anos digirir em São Paulo

Dentro do carro, além do pai bêbado e do jovem, iam a mãe e outras duas crianças, de 6 e 7 anos

José Maria Tomazela, de O Estado de S.Paulo,

17 de março de 2008 | 22h18

Um homem embriagado entregou o carro ao filho de 12 anos, no final da tarde desta segunda-feira, 17, em Itapetininga, a 165 km de São Paulo. O automóvel foi parado depois de ter ultrapassado uma viatura policial, no Jardim Fogaça, na periferia da cidade.   Dentro do carro, além do adolescente, estavam o pai, a mãe e outros dois filhos do casal, de 6 e 7 anos. A mãe do garoto disse aos policiais que o filho assumiu o volante porque seu marido passava mal, depois de ter se embriagado, tomando cerveja e cachaça.   O veículo foi apreendido. Além de ter sido multado duas vezes por infração de trânsito gravíssima, o pai do menino vai responder a processo por entregar o veículo à pessoa sem capacidade para dirigir.   O homem, que não teve sua identidade divulgada pela polícia, foi levado de ambulância para o pronto-socorro de um hospital da cidade. O menino foi encaminhado à Vara da Infância e da Juventude.

Tudo o que sabemos sobre:
embriagadomenor ao volante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.