Pai é suspeito de abusar sexualmente de cinco filhas no interior de SP

Incentivadas por um tio materno, meninas - com idade entre oito e 29 anos - compareceram à Delegacia da Mulher em Franca para prestar queixa

Marília Lopes, Central de Notícias

06 Janeiro 2011 | 18h46

SÃO PAULO - Cinco irmãs denunciaram o pai por abuso sexual em Franca, no interior de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as meninas, com idade entre oito e 29 anos, compareceram na quarta-feira, 5, a Delegacia da Mulher (DDM) da cidade para prestar queixa. Elas teriam sido incentivadas por um tio materno.

 

Segundo a mais velha, que não é filha biológica do suspeito, os abusos aconteciam dentro de casa, no bairro de Cambuí. Ela contou que foi abusada dos oito aos 15 anos. Outra irmã, de 19 anos, relatou que foi estuprada pelo pai dos 12 aos 17 anos.

 

A mais nova disse, durante depoimento, que começou a ser abusada há pouco tempo. As outras duas meninas, uma de 15 anos e outra de 17, também falaram que sofreram abusos do pai. As cinco garotas foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames.

 

A delegada titular da DDM, Graciela Ambrósio, instaurou inquérito para investigar o caso e tenta localizar o suspeito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.