Pai e filho são mortos após briga com vizinhos em Araçariguama

Lessandro Aparecido Galvão, de 39 anos, foi agredido com golpes de facão e teve a cabeça separada do corpo, enquanto seu filho, Erick da Silva Galvão, de 17 anos, foi esquartejado

José Maria Tomazela, O Estado de São Paulo

16 Abril 2017 | 15h35

SOROCABA –  Pai e filho foram mortos e tiveram os corpos mutilados na madrugada deste domingo, 16, após uma briga com vizinhos, em Araçariguama, na Grande São Paulo. Lessandro Aparecido Galvão, de 39 anos, foi agredido com golpes de facão e teve a cabeça separada do corpo, enquanto seu filho, Erick da Silva Galvão, de 17 anos, foi esquartejado. Os corpos foram encontrados de manhã, às margens da rodovia que liga a cidade a Pirapora do Bom Jesus.

A família das vítimas é de Cajamar, cidade da mesma região, onde Lessandro trabalhava como porteiro. O grupo passava o fim de semana numa chácara pertencente à namorada do rapaz. De acordo com a Polícia Civil, era realizada uma festa numa das chácaras da região, quando pai e filho teriam se envolvido numa briga com vizinhos. Eles desapareceram e a mulher de Lessandro saiu à procura do marido e do filho, encontrando um dos corpos.

Os policiais obtiveram a informação de que um dos suspeitos do crime também teria sido esfaqueado. Ele era procurado em hospitais da região. Também foram localizados dois celulares próximos de um dos corpos, e que, segundo a polícia, não pertencem às vítimas. Os aparelhos serão enviados para perícia. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. Até a tarde, nenhum suspeito tinha sido preso.

Mais conteúdo sobre:
crime Araçariguama SOROCABA Polícia Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.