Pai e filha são encontrados mortos em São Caetano do Sul

A professora Carmem Lúcia Pólo Paz, de 47 anos, e o aposentado Eliseo Pólo Paz, de 78, estavam com braços e pernas amarrados

O Estado de S. Paulo

12 de maio de 2015 | 16h15

SÃO PAULO - A polícia investiga a morte de duas pessoas - pai e filha - cujos corpos foram encontrados dentro de casa, em São Caetano do Sul, na região do ABC paulista, na segunda-feira, 11. A professora Carmem Lúcia Pólo Paz, de 47 anos, e o aposentado Eliseo Pólo Paz, de 78, foram encontrados por volta das 12h30, com braços e pernas amarrados. O caso foi registrado como latrocínio.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 3º DP do município, um familiar das vítimas foi até o local na segunda-feira, já que não tinha notícias de nenhum dos dois desde sexta-feira, 8. Ao chegar na casa, viu que a porta da sala estava aberta e decidiu chamar a polícia. Só depois os policiais encontraram os corpos na cozinha e na sala. 

Carmem estava caída ao lado de uma escada, com a cabeça encostada entre duas almofadas e os pés e mãos amarrados. O rosto da mulher foi coberto com uma tolha. O pai foi encontrado na mesma situação, na sala.

A polícia suspeita que o autor do crime conhecesse as vítimas. Eles possuíam imóveis alugados no município e recebiam o dinheiro dos inquilinos na residência. Os cômodos não estavam revirados, mas a polícia não conseguiu localizar a bolsa de Carmem.  Um celular e um notebook foram apreendidos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.