Pai é condenado por dar caipirinha a filho

O pai de um menino de 6 anos foi condenado a cumprir três meses e dez dias de prisão por oferecer álcool ao filho. O processo teve início depois que o menino contou para vizinhos e professores que bebia caipirinha com o pai. A decisão é do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Segundo o tribunal, tanto a vítima como a irmã mais velha confirmaram o consumo alcoólico incentivado pelo pai, que tem passagem por furto. Eles ainda bebiam vinho no lugar de suco de uva. A prisão será em regime semiaberto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.