Pai de santo é morto durante assalto a loja de candomblé na Grande São Paulo

Assaltantes invadiram local em Cotia e trocaram tiros com PMs, mas conseguiram fugir

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

24 Outubro 2011 | 18h49

SÃO PAULO - Um pai de santo foi morto nesta segunda-feira, 24, após um assalto à Casa de Oxum, em Cotia, na Grande São Paulo. O crime aconteceu na Rua Monza, e a polícia foi acionada por volta das 11h45.

 

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o chamado foi feito por causa de um suposto roubo no local. Ao chegar lá, os policiais encontraram dois rapazes, que dispararam contra a viatura. A equipe reagiu, mas os suspeitos conseguiram escapar.

Após solicitar reforço, a PM entrou no local e realizou uma vistoria. Um grupo de funcionários que estava preso em um quarto foi liberado. Logo depois, porém, foram feitos vários disparos dentro da residência.

 

Manoel Messias Gaspar de Souza, o pai de santo, foi encontrado com vários ferimentos por causa dos disparos e chegou a ser encaminhado para o Hospital Regional de Cotia, mas não resistiu.

 

Após diligências, a polícia conseguiu prender quatro pessoas suspeitas e apreendeu uma metralhadora, dois revólveres, além de R$ 6 mil.

Mais conteúdo sobre:
pai de santo assalto polícia Cotia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.